LISBOANARUA.COM  
  | | EN

Soy Loco por Ti, America – Chico César

Jardim do Palácio Pimenta – Museu de Lisboa
21 Junho, 22h

No ano em que Lisboa é a Capital Ibero-americana da Cultura, damos vida às palavras e às intenções da canção. Durante quatro dias, o amor pela cultura das Américas latinas será celebrado através da literatura, da música e da gastronomia.

Sujeita à lotação 800 lugares

Chico César nasceu no interior da Paraíba, em 1964, e formou-se em jornalismo. Muito jovem, muda-se para a grande metrópole, São Paulo, onde trabalha como jornalista e revisor de textos, ao mesmo tempo que se aperfeiçoa no violão, multiplica as suas composições e começa a conquistar o seu público. As suas composições levam a que seja convidado em 1991 para fazer uma digressão pela Alemanha e o sucesso leva-o a abandonar o jornalismo para se dedicar de corpo e alma à música. Em 1995 lançou o primeiro álbum acústico e ao vivo, com participações de Lenine e do lendário Lany Gordin. Um ano depois, chega o sucesso nacional e internacional através do segundo álbum, “Cuscuz Clã”. Nos trabalhos seguintes, mergulha na cultura negra, mostra a sua qualidade de intérprete em canções inspiradas tanto pelo som que se faz no interior do Brasil como noutras longínquas partes do mundo, resgata canções que foi escrevendo desde os anos 80 e mergulha no espírito das duas principais festas populares nordestinas – o Carnaval e os festejos juninos – e no diálogo que estes ritmos estabelecem com outras batidas universais. Depois de um interregno de oito anos, Chico César lançou um novo disco de originais em 2015: “Estado de Poesia”. A sua carreira artística tem grande repercussão internacional, tendo tocado em praticamente todos os países da Europa, Estados Unidos da América e Japão e já foi reconhecida com vários prémios.Chico César entregou-se à música e a paixão pelas palavras, que permaneceu ao longo da sua vida, estendeu-se à literatura, tendo lançado já três livros.