Operação Condor – Exposição de fotografia de João Pina

Torreão Poente da Praça do Comércio
21 Abril a 18 Julho

Curadoria Diógenes Moura

“Operação Condor” é fruto de nove anos de investigação e recolha de imagens do fotógrafo português João Pina e é assumida como um tributo à memória das vítimas desta operação, uma aliança político-militar que vigorou durante o auge da Guerra Fria entre as ditaduras de seis países latino-americanos – Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.

Esta operação militar secreta, instituída em 1975, por estes seis países governados por ditaduras militares de extrema-direita, tinha como missão eliminar a oposição política e resultou no desaparecimento de dezenas de milhares de pessoas, denominados de “subversivos” ou que faziam parte da chamada “ameaça comunista”.

Durante quase uma década, João Pina viajou atrás das pegadas do horror vivido e captou através da sua lente sobreviventes, familiares de vítimas e lugares de reclusão e tortura de uma operação militar que, nos anos setenta do século passado, terá beneficiado da anuência do então secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, da cumplicidade da CIA e contado com a colaboração de antigos nazis.

Complementando a exposição, reeditamos o livro “Condor” (ed. Tinta-da-china, 2014), num esforço de perpetuar este trabalho para que sobreviva à efemeridade que está associada à natureza de uma mostra temporária.

Organização e Produção: Galerias Municipais de Lisboa/EGEAC; Parceria editorial. Tinta-da-china
Encerra às 2ªs feiras; Bilheteira: Adulto: 2€; <25 anos: 1€; Grupos Escolares: 2€; Famílias (dois adultos e duas crianças): 4€; Isentos: Crianças até aos 5 anos; Professores quando acompanham grupos de alunos; Profissionais da comunicação social e guias intérpretes em exercício de funções; Membros da AICA, membros do ICOM, mecenas e patrocinadores.